O Flat Design da Globo


globoA Apple revolucionou o mercado criando novos conceitos em produtos, criou novos padrões de consumo, novas necessidades e demandas. O padrão “flat” amplificado pela marca através da interface de seu sistema operacional iOS e presente na própria logo da empresa foi adotado pelos designers do mundo. Hoje é uma forte tendência que tem influenciado o design de novas marcas e, especialmente, de grandes empresas já consolidadas no mercado.

No mercado brasileiro, a mudança para um design mais limpo da Rede Globo é o exemplo mais contundente e recente dessa nova plataforma visual. No caso da Globo, o flat design de sua nova logomarca, manteve a forma, mas tirou o padrão platina eternizado por Hans Donner ao longo das décadas de 80, 90 e dos anos 2000. O novo padrão visual da maior emissora do País vai além do visual mais limpo, e revela um passo adiante no redesenho de seu posicionamento estratégico, demonstrando que a empresa é fiel à sua filosofia de gestão, calcada na valorização de talentos, tecnologia e, principalmente, inovação constante, pois mais uma vez a emissora sai na frente da concorrência e inaugura uma nova tendência na TV Aberta brasileira.

A simplicidade do novo visual da Globo revela a necessidade de clareza e honestidade com o novo consumidor de conteúdo, mais exigente e que procura se identificar com o que vê na sua tela de led hd. O flat design é uma resposta contrária ao conceito do skeumorfismo, ou seja, a tentativa de imitar objetos reais por meio de técnicas digitais como gradientes, lentes, texturas e luzes, ainda presentes em vinhetas da TV Aberta, em telas de smartphones e no design gráfico de um modo geral. A nova roupagem da Globo abandona a idéia de que o grafismo deve ser uma representação hiperrealista do mundo analógico. Claramente, a Globo optou por valorizar, de agora em diante, e muito mais, o conteúdo que produz, num posicionamento estratégico que antecipa as mudanças nos hábitos de consumo de mídia, hoje muito mais pulverizados entre a população, exposta à milhares de informações e impactos visuais ao longo do dia. Trata-se de uma resposta adequada ao advento da TV Digital e a gradativa interatividade que vem sendo posta à prova em programas como, por exemplo, The Voice ou SuperStar. Tudo em busca de não perder espaço na vida e nas atividades corriqueiras de lazer do novo consumidor brasileiro. Certamente vem mais por aí.

Luciano Ishi Porto
Especialista em Marketing
Designer Gráfico

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s